quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

O enigma da vida

As vezes penso que sei muita coisa, mas descubro que não sei absolutamente nada
Tenho a certeza de estar completamente certo, mas percebo que há o outro lado
Prefiro descobrir e não que uma pessoa me conte
Quero saber que ainda há o que desvendar e que não é somente aquilo
Poder ir além quando imaginava que havia chegado no limite
Cometo um engano em pensar que acabou, sendo que está somente no começo
Penso no amanhã sendo que vivo o agora
Já quero dar o segundo passo enquanto estou no primeiro
Quero ir além, mas existe o infinito
Quero cruzar a chegada, mas ainda estou na partida
Como vivo o amanhã, sendo que estou no hoje?
Quero sonhar, mas estou acordado
Como tornar o sonho real estando na realidade?
Quero a resposta, mas não tenho a pergunta
Minha boca é a exclamação, mas minha mente é a interrogativa
Eu acho que tenho certeza dessa suposição
Estou certo que estou errado
Eu tenho a solução para essa incerteza
Só sei que nada sei e poucos sabem que eu sei
E continuo na dúvida dessas certezas
Certamente são incertezas
A vida é um enigma e o enigma está na vida
Apenas vivo até não poder mais viver
E quando esse momento chegar, saberei que vivi
Vivo o agora o passado e determino o meu futuro
O futuro está no agora e essa é a hora de viver
Então viva até não poder mais
Eis o enigma da vida

.::E.S.N.::.
Erison Suzuki Nakajima

No início não imaginava que essas palavras se tornariam um poema. Estava só refletindo sobre a vida e veio essas palavras na mente. Primeiro poema em estilo livre. Até que gostei do resultado final. Clique para ler mais sobre esse poema...

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Feche os olhos

Todo dia, quando acordo
Fecho os olhos por um momento
Assim, eu me recordo
De todo aquele acontecimento

Feche seus olhos, eu lhe peço
Pois assim chegarei até você
Sempre será um novo recomeço
Para podermos nos rever

Confie em mim por um instante
Feche os olhos junto comigo
Sinta seu coração pulsante
É lá que está o meu abrigo

Quando estiver sentindo só
Feche os olhos novamente
Pense em mim nesse instante
Estarei contigo, pra sempre

.::E.S.N.::.
Erison Suzuki Nakajima


Fazia tempo que não escrevia um poema. Refletindo um pouco sobre vida, surgiu esse. Simples, porém com grande significado pra mim. Clique para ler mais sobre esse poema...

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Minha vida é você

Sempre fui um poeta sonhador
Que idealizava o perfeito amor
Cada característica em harmonia
São notas compondo uma sinfonia

Possuía apenas metade do coração
A outra metade, jamais encontrara
Fui em busca de cada emoção
Até sentir o amor que me faltara

Restava um pingo de esperança
Estava esgotando o meu amor
Desde os tempos de infância
Vivendo de angústia e de dor

Não sei como, nem por quê
Você resolveu aparecer
Tudo começou a fazer sentido
Era o amor novamente florindo

Em cada instante ao seu lado
Novas sensações eu sentia
Dentro de mim parecia apertado
Mas de tal forma me contagia

Cada vez que te olhava
E seu sorriso, assim formava
Pulsava forte meu coração
E me agradava cada sensação

Cheguei a duvidar de sua existência
Como era possível tamanha perfeição?
Meus olhos enxergavam além da aparência
Como se eu pudesse sentir seu coração

Uma escultura dornada de beleza
Composta por uma rica matéria-prima
Características de uma realeza
Todas elas em perfeita harmonia

Possui alegria contagiante
Carinho muito acolhedor
Amor completamente confortante
E pensamento sonhador

Corresponde a cada desejo
Sempre me agrada o que vejo
É tão bom poder te amar
Sempre ao seu lado quero estar

Não vejo o momento de te ver
E tornar o sonho realidade
Sentir sua pele e te ter
Dois corpos em uma unidade

Sentir seus lábios aos meus
E o tempo parar em longo beijo
Realizar os desejos seus
Dando vida ao meu desejo


É difícil conter cada desejo
Mas por você, espero o que for
Pois é a vida que tanto almejo
Que é viver com o seu amor

Cada dia a mais é um a menos
Para um encontro acontecer
A cada dia estarei vivendo,
pois minha vida é você.

.::E.S.N.::.
Erison Suzuki Nakajima


Esse poema foi escrito especialmente para a pessoa que me mostrou que nada é impossível quando o assunto é o amor. O sonho que tanto almejara torna-se real, vivo sensações que antes não sentia e percebo o quanto é contagiante viver ao lado de quem te ama. Clique para ler mais sobre esse poema...

domingo, 12 de setembro de 2010

Caminhando..

Caminhando

Esse pooema reflete o que estou passando ultimamente, pensando muito em várias coisas e não saindo do lugar, apenas na mente. O engraçado é que, quando ia começar a escrever esse poema, decidi visitar a comunidade do Nova Ordem da Poesia. E em um dos tópicos sobre um concurso que está acontecendo, o próximo poeta deveria fazer um poema com o tema Caminhando. Foi de encontro com o tema que estava pensando, então saiu esse poema. Clique para ler mais sobre esse poema...

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

O que é amar?

o que é amar


É difícil dizer sobre o amor, pois cada um tem o seu jeito próprio de amar. E o amor é único para cada pessoa. Mas nada melhor do que aprender a amar, gostando de alguém e ambos percebendo o quanto vale a pena cada momento juntos. Apenas quem ama de verdade compreende. Eu ainda tenho muito que aprender, por isso não paro de amar.
Clique para ler mais sobre esse poema...

domingo, 22 de agosto de 2010

Sobre ela, sobre Tangerina

Sobre tangerina


Esse poema fiz para uma pessoa especial que conheci à pouco tempo, mas que já tenho grande admiração. Ainda não sei exatamente, mas ela é conhecida como Tangerina. E diante disso e também por ela ser tão doce quanto a fruta, decidi fazer essa singela composição de rimas para tentar descrevê-la como uma rainha.
Clique para ler mais sobre esse poema...

domingo, 20 de junho de 2010

Caminho do amor

Caminho do amor

Poema feito para alguém especial. =]
Clique para ler mais sobre esse poema...

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Minha Essência

minha essencia
Clique para ler mais sobre esse poema...

terça-feira, 27 de abril de 2010

Meu eu em você

Eu tento me expressar
Mas não sei como fazer
É assim que me sinto
Quando penso em você
É difícil acreditar
Como pode existir
São tantas alegrias
Que me fazem sorrir
A cada dia que passa
Diferente eu me sinto
Pois o meu amor
Vai além do infinito
Agora estou completo
MInha vida veio a mudar
São consequências de te amar

Quando penso em você
Um sorriso surge então
Quando sentir o amor
Sentirá meu coração
A minha felicidade
Está em te encontrar
Para olhar nos seus olhos
E me apaixonar
Agora lhe digo
Que nunca vou te esquecer
Pode estar tão longe
Mas estou com você
Ao seu lado quero ficar
Para sempre pode apostar
São consequências do meu amar

Nada pode mudar
O que há dentro do meu ser
É todo meu eu que está com você

.::E.S.N.::.
Erison Suzuki Nakajima

Clique para ler mais sobre esse poema...

terça-feira, 23 de março de 2010

Entre o escrever e o apagar

Diante do caos de nossas vidas
Algo em especial me tranquiliza
Vemos várias páginas já vividas
Mas apenas uma se eterniza

Nos entristecemos com algumas coisas
Mas apenas uma me torna feliz
Desejamos estourar todas essas bolhas
E guardar aquela que sempre quis

Diante dos sentimentos que nos rodeiam
Alguns em especial se destacam
Uns malefícios nos incendeiam
Mas há motivos que nos acalmam

Não entendemos vários acontecimentos
Um fato, sei realmente sobre a causa
Assim esquecemos esses momentos
Mas esse fato, a gente ressalva

Posso falar sobre várias questões
Mas uma, faço questão de ressaltar
Através disso, tomamos decisões
E a minha decisão é sempre te amar

.::E.S.N.::.
Erison Suzuki Nakajima

Esse poema é dedica para uma pessoa especial pra mim. Que em pouco tempo, se tornou algo grandioso. Clique para ler mais sobre esse poema...

segunda-feira, 8 de março de 2010

Banco do amor

Banco do Amor Clique para ler mais sobre esse poema...

Dia das mulheres

Dia das Mulheres

Não pude deixar de homenageá-las nesse dia. Grande parte do que sou devo à vocês. À minha mãe por eu existir, às amizades que conquistei, aos amores que vivi e por serem o que são, uma verdadeira inspiração de vida. Espero que gostem dessa singela homenagem. Clique para ler mais sobre esse poema...

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

O brilho da noite

Brilho da Noite Clique para ler mais sobre esse poema...

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Manias do coração

Manias do Coração

Esse poemas eu fiz por indicação de uma pessoa no Nova Ordem da Poesia. Pois tenho um espaço reservado aos meus poemas. E aproveito para agradecer por isso.
Espero que gostem do poema.
Clique para ler mais sobre esse poema...

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Tiro ao alvo

Clique para ler mais sobre esse poema...

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Eis o amor

Hoje parei pra refletir sobre as verdades do amor
O amor que confidenciei a ti, sem nenhum pudor
A promessa de estar ao seu lado até a eternidade
E conquistar o que mais clamo, sua felicidade

Mas como posso lhe entregar o que tanto desejo?
Sendo que a distância me separa de teu beijo
Como dedicarei a ti, o amor mais que sincero?
Se entre nossas almas longíquas, há desespero.

Antes não dava tanta importância à distância
Para um amor verdadeiro, não havia importância
Mas vivenciando esse amor tão indescritível
Percebi que a distância é algo perceptível

Como posso dar-lhe o que mais posso oferecer,
Carinho, amor e o que há de bom no meu ser?
Se nem mesmo posso tocá-la e tê-la aqui comigo
Apenas sinto a distância, que se passa por inimigo

Será esse o amor, que você um dia sonhou receber?
Essa jura eterna, felicidade mútua que nos faz viver
Esse laço sem fim, que acabe somente na eternidade
Juras de amor que trazem sentindo real à felicidade

Mas como posso seguir tal compromisso de união,
Sendo que estou longe e distante do seu coração?
E como a deixarei totalmente amada e feliz
Sendo que não estou presente, como sempre quis?

Devo renunciar esse amor tão sincero e verdadeiro
Para que não surja a tristeza e o sofrimento alheio?
Ou continuar amando-a, mesmo tão longe de ti
Oferecendo o amor que nunca poderemos sentir?

Um sentimento tão bom, mas ao mesmo tempo complicado
Algo que mexe com meu ser, que me deixa inspirado
Eis o legado que tenho a oferecer por toda minha vida
O amor verdadeiro, mas que a cada passo, deixa uma ferida.

Independente do que aconteça em nossas vidas
Jamas esquecerei das experiências vividas
Ficará guardado pra sempre o que clamo
Pois nada mudará o quanto eu a amo

.::E.S.N.::.
Erison Suzuki Nakajima
Clique para ler mais sobre esse poema...